As tentação de Cristo e as nossas

 (Mateus 3:16) – E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. 17) – E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

  • Jesus acaba de ser batizado e vai para o deserto.
  • Jejuou quarenta dias.
  • Além dos momentos gratificantes, de regozijo e tranqüilidade, temos também os tempos de provação.
  • Pessoas acham que o jejum é moeda de barganha, por isso exigem bênçãos de Deus. (Isaías 58:3) – Dizendo: Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso? Por que afligimos as nossas almas, e tu não o sabes? Eis que no dia em que jejuais achais o vosso próprio contentamento, e requereis todo o vosso trabalho.
  • Jejuar deve ser um ato de renúncia, consagração, humilhação pessoal e culto a Deus, sem que se espere algo em troca.
  • Através das tentações satanás tenta iludir o homem e levá-lo a autodestruição.
  • Além disso, o seu desejo é afrontar Deus, usurpando autoridade e adoração.

1ª Tentação.

(Mateus 4:3) – E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. 4 – Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

  • Quantas vezes somos questionados sobre nossa fé, nossa filiação espiritual, o diabo nos faz pensar “será que sou mesmo filho de Deus?”
  • Tantas pessoas pensão, se eu sou evangélico mal nenhum pode me acontecer, minha vida será só bênçãos, mais se esquece que o maior de todos Jesus, morreu numa cruz,

(Mateus 27:40) – E dizendo: Tu, que destróis o templo, e em três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo. Se és Filho de Deus, desce da cruz.

  • A princípio pode parecer que Jesus perdeu a batalha quando se deixou crucificar mais na verdade, ele estava dando a maior prova de amor que alguém poderia dar, morrer por nós, mais a história de Jesus não acabou na cruz, na verdade a história apenas começava, pois o tempo foi dividido em antes e depois de Jesus. A morte não venceu Jesus.

(João 16:33) – Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

A frase satânica parece ter um tom sarcástico. É como se ele dissesse: “Se tu és filho de Deus, porque estás com fome? Porque estás sem comida? Só te restam estas pedras”? Aquela condição de escassez não alterava em nada a posição espiritual de Cristo ou sua identidade.

  • O mundo nem satanás conhece a nossa condição de filhos de Deus porém no dia do juízo todos saberão.
  • O pai dá boas dádivas aos filhos (Mateus 7:9) – E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? 10) – E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? 11) – Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?

2ª Tentação.

Mateus 4:5-7  5 – Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, 6 – E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra. 7 – Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.

  • Há igrejas que ainda tentam ao Senhor, eles dizem faça uma oferta, vá para a fogueira santa, faça isso e você verá que Deus irá te responder, quem assim o faz transforma Deus de Senhor a servo, e tentam a Deus, dizendo que ele é obrigado a te abençoar pois você teve um ato de fé. Porém Cristo indica o caminho a humildade e não colocar Deus a prova, pois nós é que estamos sendo provados e não Deus.

3ª Tentação.

Mateus 4:8-11  8 – Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. 9 – E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. 10 – Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. 11 – Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam.

  • Com Deus não há barganha, só o diabo quer barganhar conosco, pois ele não pretende cumprir a parte dele e ainda por cima quer te comprometer com ele através de mentiras. “Faça assim e você terá sucesso”
  • Deus nos sugere uma relação de amor e não de troca, mesmo porque o homem não poderia trocar nada com Deus.
  • Depois da tempestade vem a bonança, a calmaria.
Salmos 126:1-6

1 – QUANDO o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. 2 – Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes. 3 – Grandes coisas fez o SENHOR por nós, pelas quais estamos alegres. 4 – Traze-nos outra vez, ó SENHOR, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. 5 – Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. 6 – Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *