A história completa de José

A história completa de José

Gênesis 37:1-11 1 – E JACÓ habitou na terra das peregrinações de seu pai, na terra de Canaã. 2 – Estas são as gerações de Jacó. Sendo José de dezessete anos, apascentava as ovelhas com seus irmãos; sendo ainda jovem, andava com os filhos de Bila, e com os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e José trazia más notícias deles a seu pai. 3 – E Israel amava a José mais do que a todos os seus filhos, porque era filho da sua velhice; e fez-lhe uma túnica de várias cores. 4 – Vendo, pois, seus irmãos que seu pai o amava mais do que a todos eles, odiaram-no, e não podiam falar com ele pacificamente. 5 – Teve José um sonho, que contou a seus irmãos; por isso o odiaram ainda mais. 6 – E disse-lhes: Ouvi, peço-vos, este sonho, que tenho sonhado: 7 – Eis que estávamos atando molhos no meio do campo, e eis que o meu molho se levantava, e também ficava em pé, e eis que os vossos molhos o rodeavam, e se inclinavam ao meu molho. 8 – Então lhe disseram seus irmãos: Tu, pois, deveras reinarás sobre nós? Tu deveras terás domínio sobre nós? Por isso ainda mais o odiavam por seus sonhos e por suas palavras. 9 – E teve José outro sonho, e o contou a seus irmãos, e disse: Eis que tive ainda outro sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam a mim. 10 – E contando-o a seu pai e a seus irmãos, repreendeu-o seu pai, e disse-lhe: Que sonho é este que tiveste? Porventura viremos, eu e tua mãe, e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra? 11 – Seus irmãos, pois, o invejavam; seu pai porém guardava este negócio no seu coração.

Temas sobre a vida de José:

  1. A sua vitória pode gerar inveja e a inveja gera perseguição, todos querem as bênçãos mais poucos querem pagar o preço da bênção.
  2. Se prepare para andar entre espinhos, pois muitos irão tentar te machucar.
  3. José teve intimidade com Deus desde o princípio.

José foi vendido como escravo, acusado de tentativa de estupro e preso.

  • De coisas ruins podem surgir coisas boas, do esterco surge a flor.
  • Tudo deu errado na vida de José, porém os momentos ruins o levaram a uma situação boa e necessária. O mal se transformou em bem.
  • José testou o arrependimento dos irmãos por meio de Benjamim. Deus testa nosso arrependimento.
  • José pagou o mal com o bem.
  • José perdoou e reconciliou sua família. É preciso deixar a dor para encontrar o amor (exemplo estupro).
  • Fé é confiar sem ver. Você é capaz de confiar em Deus sem ao menos ver sua mão agindo a seu respeito?
  • Quando José finalmente recebeu as bênçãos ele pode compartilhar com que ele amava. Porque as bênção são sempre compartilhadas com quem está ao nosso redor.

I Coríntios 7:14 – Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos.

  1. Aquele que honra a Deus por Deus será honrado.

Salmos 37:6 – E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.

1- As tribulações de José.

O contraste entre o plano de Deus e a realidade aparente. A história de José parecia tomar um rumo oposto aos seus sonhos. Suas experiências foram: o poço, a escravidão, a acusação de adultério e a prisão. A situação de José parecia piorar cada vez mais. Entretanto, cada tribulação fazia com que ele chegasse mais perto do propósito final: o palácio de Faraó. Muitas vezes Deus não nos fala diretamente, mas nos conduz através das circunstâncias.

2- A fidelidade de José.

Entre a promessa e a conquista existe tribulação e tentação. Isso esteve presente também na história de Israel entre a promessa da terra e a conquista da terra. As tribulações podem nos fazer enfraquecer diante da tentação, mas José não se deixou levar por isso. Ele não se contaminou com a mulher de Potifar. Muitas são as tentações sobre a vida do jovem. José foi fiel em todo lugar e em toda situação. O cristão deve ser exemplar, mesmo que seja na prisão ou no trabalho ou “no fundo do poço”.

3- A vitória de José.

Finalmente, José chegou ao governo do Egito. Caminho difícil, destino glorioso. O cristão terá vitórias na vida e a glorificação final quando Jesus voltar. Isso pode ser comparado com a entrada de Israel em Canaã. Porém, só entraram aqueles que foram fiéis durante a travessia do deserto.

Você pode gostar

Sobre o autor: prjulio

Graça e Paz! Olá, sou o Pastor Júlio Fonseca da Igreja de Deus no Brasil no município de Anhanguera - Goiás. Procuro ser útil na evangelização por meio da internet levando a palavra de Deus a quem dela precisar sempre com alegria, amor e dedicação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *